1) DO CAMPEONATO

O Campeonato de MASTERS será regido pelo presente regulamento aprovado pela Diretoria da LIGA ABC DE TÊNIS e obedecendo as regras oficiais adotadas pela entidade.

2) TABELA DE PROVA DE DUPLAS

1C2A – 1ª Classe A acima de 35 anos
1C2B – 1ª Classe B acima de 35 anos
2C2 – 2ª Classe acima de 35 anos
3C2 – 3ª Classe acima de 35 anos

3) DAS DUPLAS PARTICIPANTES

a) Participarão 6 duplas do ranking de duplas.

b) Se houver desistência de um ou mais tenistas serão chamados os subsequentes da classificação até completar seis duplas.

c) Estar quite com a LIGA ABC DE TÊNIS, sem débitos pendentes como taxa de WO.

d) Pagar a taxa de inscrição e débitos pendentes até 07 de novembro.

e) As inscrições deverão ser efetuadas na LIGA ABC DE TÊNIS, através do WhatsApp 975428230 enviando cópia do pagamento da taxa do torneio até 07 de novembro

4) DA TAXA DE INSCRIÇÃO

a) A taxa de inscrição é de R$ 70,00 (setenta reais).

b) O pagamento deverá ser efetuado antecipadamente até o dia 07 de novembro, somente através de depósito bancário.

ASSOCIAÇÃO LIGA ABC DE TENIS

CNPJ = 07.761.565/0001-30

BANCO BRADESCO
Agência 7732
Conta 0260686-0

ou

BANCO ITAU
Agência 6472
Conta: 19713-3
Pix (telefone) 11 975428230

5) DAS CHAMADAS E COMPARECIMENTO

a) Os horários dos jogos serão divulgados no site www.ligaabcdetenis.com.br – link Chaves.

b) Os jogos ocorrerão aos sábados, domingos e feriados a partir das 7h00m, sendo que a última chamada não poderá ultrapassar as 20h30m

c) Os jogos em dias de semana ocorrerão no período noturno a partir das 18h30m em concordância com todos os envolvidos

d) Cabe aos tenistas procurar saber o horário do seu jogo, por telefone ou pelo site – www.ligaabcdetenis.com.br – Link Chaves.

e) Haverá tolerância de 15 (quinze) minutos, contados a partir do horário oficial marcado para o jogo.

f) Será declarado perdedor os tenistas que não se apresentarem no horário marcado.

g) Os tenistas a partir do momento da confirmação da sua presença estarão à disposição dos organizadores e de seu adversário para chamada. Após a chamada os tenistas têm o tempo máximo de 5 (cinco) minutos para dar início ao aquecimento, sendo que, em caso de atraso de algum jogador, o árbitro poderá, se julgar necessário, iniciar a aplicação dos códigos de conduta e tempo.

h) Nos casos de remarcação de jogos por problemas de mau-tempo, é obrigação dos tenistas inscritos informarem-se sobre os novos horários que serão divulgados no site ligaabcdetenis.com.br – link chaves.

6) DOS JOGOS

a) Toda partida suspensa ou adiada por motivo de força maior (chuva, falta de energia elétrica, etc.) terá seu prosseguimento respeitando-se a contagem e posição em que foi interrompida.

b) O bate bola de aquecimento não poderá ultrapassar o tempo de 05 (cinco) minutos.

c) A troca de lado não poderá ultrapassar o tempo de 1 minuto exceto ao término de cada set quando o tempo será de 1 minuto e 30 segundos.

d) Não é permitido sair da quadra durante a partida, se for necessário somente após término do set, respeitando o tempo de troca de lado conforme item “c”.

e) Não é permitido receber instruções na quadra ou de fora dela, em nenhum momento durante a realização dos jogos.

f) As bolas utilizadas no torneio deverão ser obrigatoriamente nos modelos aprovados pela ITF autorizadas pela LIGA ABC DE TÊNIS.

7) DO INTERVALO MÍNIMO ENTRE CHAMADAS E TEMPO DE DESCANSO ENTRE OS JOGOS

a) O intervalo mínimo que deverá ser respeitado para jogos de duplas entre as chamadas é de 2h, ou seja, se há a previsão de dois jogos no mesmo dia e o primeiro jogo foi marcado para as 12h00m, a próxima chamada deverá ser para as 14h.

b) Em dias de semana, no período noturno, onde as chamadas são feitas a partir das 18h30m, os organizadores só poderão chamar um jogo para cada tenista.

c) Não há intervalo para descanso entre um jogo e outro.

8) DA REALIZAÇÃO DOS JOGOS

Os jogos serão realizados nos dias 20, 21, 27 e 28 de novembro de 2021. Em caso de chuva os jogos poderão ser marcados durante a semana com a concordância de todos os envolvidos.

Local: AR for Sports / Pro Team Tenis
Endereço: Estrada dos Alvarengas, 4023 – SBC
Tipo de Quadra: saibro / rápida

9) DA PONTUAÇÃO

Dupla Campeã = 200
Dupla vice-campeã = 150
Semifinalistas = 100
Demais = 50

10) DAS PROVAS

a) 6 duplas divididas em dois grupos A (1º, 3º e 6º) e B (2º, 4º e 5º). Jogarão uma contra todas dentro do grupo. A 1ª dupla classificada do grupo A fará semifinal com a 2ª dupla classificada do grupo B e o 1ª classificada do grupo B fará semifinal com a 2ª classificada do grupo A.

b) Com 05 duplas ou menos jogarão uma contra todas.

c) Critério de desempate em caso de:

I – 2 (duas) duplas empatadas = confronto direto

II – 3 (três) duplas empatadas:
1º Melhor saldo de vitórias
2º Melhor saldo de sets (super tie break é considerado um set)
3º Melhor saldo de games (excluir o super tie Break)
4º Sorteio

d) A dupla vencer por WO terá o seguinte resultado: 6×3 6×3.

e) A dupla que vencer por desistência sem início do confronto, terá o seguinte resultado 6×3 e 6×3.

f) No caso de desistência com início do confronto, serão computados aos sets os games faltantes para o término do jogo. Ex.: 6×3 2×1 = 6×3 6×1.

g) A dupla que perder por WO ou desistir em uma das partidas de grupo poderá continuar na chave e realizar outros jogos.

h) As duplas poderão realizar até 03 (três) jogos no mesmo dia.

11) DO NÚMERO DE SETS E GAMES

a) Todos os jogos serão realizados em melhor de três sets, sendo que se houver empate em 1 a 1, o terceiro set será substituído pela disputa de um super tie break, forma de disputa em melhor de 18 pontos, vencendo a partida o tenista que primeiro chegar a dez pontos, desde que haja 2 de diferença, ou seja, se houver empate no super tie break, em 9 a 9, haverá a necessidade de continuar a partida até que haja a diferença de 2 pontos. No primeiro e segundo sets, se houver empate em 6 a 6 em games será disputado um tie break normal (até 7 pontos).

b) Na contagem dos games será aplicado o sistema no ad, iguais em 40 o recebedor escolherá o lado para definição do ponto.

c) O “let” será aplicado (repetir o saque se a bolinha bater na rede e cair dentro da quadra).

d) Em hipótese alguma poderão ser realizados jogos em sets curtos.

12) DA ARBITRAGEM

a) Durante a realização do campeonato, o árbitro é a autoridade máxima competente para dirigir a parte técnica do torneio e entre suas atribuições o direito de intervir, estando ou não dentro da quadra, em qualquer partida que achar necessário para correção de chamadas de bolas ou para aplicações do código de conduta.

b) Nenhum jogador tem o direito de paralisar uma partida exigindo a permanência de juiz para acompanhamento exclusivo. Cabe ao árbitro analisar se é necessário e possível o atendimento do pedido. Caso haja recusa de continuidade da partida, esse jogador estará sujeito às penalidades previstas nos códigos de conduta e tempo.

c) Cabe ao tenista vencedor devolver as bolinhas e informar o placar aos responsáveis da Academia/Clube.

d) No caso de violações de código de conduta, o árbitro deverá informar à LIGA ABC DE TÊNIS, a penalidade aplicada.

13) DA OBRIGATORIEDADE DE PLACAR E BOLAS

Os Clubes e Academias, sedes do Campeonato, deverão obrigatoriamente:

a) Colocar placar em todos os jogos.

b) Por causa da pandemia do coronavirus, não haverá garrafas, bujões térmicos ou jarras de água nas quadras.

c) Fornecer bolas de tênis oficiais para torneios.

14) DA PREMIAÇÃO

a) As duplas campeãs e vice-campeãs receberão troféus na Festa de Encerramento do 16º Circuito ABC de Tênis 2021 que ocorrerá em fevereiro ou março de 2022 em local a ser definido.

b) O melhor tenista de dupla do ano que encerrar com a maior pontuação no ranking de duplas, somados os pontos do Campeonato de Masters receberá seu troféu na Festa de Encerramento do 16º Circuito ABC de Tênis 2021 que ocorrerá em fevereiro ou março de 2022 em local a ser definido.

15) DO CÓDIGO DE CONDUTA

a) O código de conduta foi criado para disciplinar o jogo de tênis e poderá ser aplicado pelo árbitro ou seus auxiliares sempre e a qualquer tempo, dentro ou fora da quadra.

b) Para aplicação do código de conduta o árbitro ou seus auxiliares deverão adentrar na quadra, chamar os dois jogadores ao centro e em voz clara e audível informar ao tenista infrator a penalidade aplicada, sob o testemunho do adversário.

c) A arbitragem, dependendo da gravidade da ofensa ao código de conduta, poderá a seu inteiro juízo, recomendar informalmente aos jogadores, moderação das atitudes no jogo, sob pena de aplicação do Código de Conduta.

d) O código está dividido nas seguintes seções:

d.1 – Obscenidade audível: todas as palavras obscenas ou palavrões ditos pelos jogadores em qualquer idioma.

d.2 – Obscenidade visível: todos os gestos ou atitudes obscenas visíveis.

d.3 – Abuso de bolas: todas as bolas golpeadas propositalmente para dentro ou fora da quadra, mesmo com o jogo terminado, enquanto o jogador estiver na quadra de jogo.

d.4 – Abuso de raquete ou equipamento: qualquer atitude destrutiva ou com raiva utilizando raquetes ou equipamentos da quadra.

d.5 – Abuso verbal: toda forma de expressão verbal, que de alguma maneira desrespeite o oponente, arbitragem, pegadores de bola ou público em geral.

d.6 – Abuso físico: considera-se abuso físico tocar seu oponente, arbitragem ou público sem autorização.

d.7 – Instrução: qualquer tipo de comunicação audível ou visível entre um jogador, técnicos, pais ou acompanhantes é considerado como instrução.

d.8 – Conduta antidesportiva: toda e qualquer atitude antidesportiva que não esteja prevista nos itens acima.

d.9 – Interferência externa: toda e qualquer interferência externa provocada por técnicos, pais ou acompanhantes, que possa ter influência no andamento normal da partida (tais como: gestos, avisos, comunicação verbal com o tenista ou adversário, discussão entre pais ou acompanhantes que possa ser ouvida pelos jogadores em quadra, etc.).

d.10 – Retardamento de Jogo: qualquer ato de um jogador visando retardar a partida.

d.11 – Penalidades por infração do código de conduta:

1ª ofensa: advertência
2ª ofensa: perda de ponto
3ª ofensa: perda de game
A partir da 4ª ofensa, ficará a critério do árbitro se continua penalizando com perda de games ou com desclassificação do tenista faltoso. Dependendo da gravidade do ato cometido pelo tenista, o mesmo poderá ser desclassificado sem passar pelo processo normal acima descrito.

16) DAS PENALIDADES ADMINISTRATIVAS POR INFRAÇÃO AO CÓDIGO DE CONDUTA

a) ADVERTÊNCIA: Perda de 15% do total de pontos obtidos na prova

b) PERDA DE PONTO: Perda de 30% do total de pontos.

c) PERDA DE GAME: Perda de 45% do total de pontos.

d) DESCLASSIFICAÇÃO: Perda de 60% do total de pontos.

e) Em caso de perda de mais de um game por infração ao código de conduta, o jogador será punido com mais 15% por game.

f) No caso de ofensa ao código de conduta, quando o jogo já houver terminado e os jogadores ainda estiverem na quadra ou no recinto de realização do torneio, a aplicação da penalidade administrativa de perda de pontos no ranking, se dará pela sequência e ordem das penalidades já aplicadas, ou seja, se o tenista deveria perder 15% dos pontos por ter sido advertido durante o jogo, passará a perder 30% por ter cometido a 2ª violação do código e assim sucessivamente.

17) ATENDIMENTO MÉDICO

a) Das contusões acidentais: não tendo a possibilidade de atendimento médico, fica a critério do árbitro a possibilidade de prestar o atendimento ou indicar qualquer pessoa que tenha condições de fazê-lo. Durante o atendimento, que não poderá exceder o tempo regulamentar de 3 minutos, contados a partir do seu início, o árbitro deverá estar presente durante este período.

b) Mal súbito ou necessidades emergenciais: o tenista ao participar de qualquer campeonato da Liga ABC de Tênis deverá estar gozando de perfeita, ficando sob a responsabilidade do próprio atleta a intercorrência dentro e fora das quadras.

18) DOS CASOS OMISSOS

Os casos omissos serão resolvidos pelo árbitro geral e na sua ausência pelo árbitro auxiliar ou pelo Departamento Técnico da LIGA ABC DE TÊNIS quando a arbitragem não tiver condições de chegar à conclusão para solução das dúvidas verificadas.

19) DO CONHECIMENTO DAS REGRAS E REGULAMENTO

Todo tenista ao fazer sua inscrição em qualquer Campeonato, declara ter total conhecimento das regras do esporte e automaticamente aceita e se submete a este regulamento e às normas da LIGA ABC DE TÊNIS.

LIGA ABC DE TÊNIS, em 01 de novembro de 2021.

 

01 – DO ENCONTRO
Poderão participar dos Encontros de Damas, as tenistas com idade igual ou superior a 35 anos e estar filiada a Liga ABC de Tênis.

02 – DA TAXA DE FILIAÇÃO:
A taxa de filiação é anual no valor de R$ 170,00 (cento e setenta reais), que dará direito a participação nos Encontros de Damas e nas Etapas do Circuito ABC de Tênis.

03 – DAS CATEGORIAS
As categorias são divididas: A, B e C.
As tenistas que ingressarem na Liga ABC deverão apresentar referência da sua categoria das Damas ou Torneios da Federação Paulista de Tênis.
Se não tiver nenhuma referência deverão iniciar na categoria C.

04 – DOS JOGOS
A cada encontro a tenista deverá realizar 03 (três) jogos de duplas revezadas dentro da sua categoria, porém algumas farão 04 (quatro) jogos para completar a chave (chapéu).  A tenista chapéu deverá considerar os resultados de apenas 03 (três) jogos, eliminando o pior resultado.

As partidas de duplas serão de 9 games, como nos exemplos:
9 x 0 = 9
8 x 1 = 9
7 x 2 = 9
6 x 3 = 9
5 x 4 = 9

05 – DA PONTUAÇÃO
Somar os games dos 3 jogos realizados no Encontro. Acumular os pontos de todos os Encontros e dividir pelo número de Encontro para obter a média. Exemplo:
Tenista B, realizou 4 encontros
No 1º. Encontro obteve: 3 x 6, 7 x 2 e 4 x 5. Soma-se 3 + 7 + 4 = 14
No 2º. Encontro:  1 x 8, 5 x 4 e 8 x 1. Total = 14
No 3º. Encontro:  3 x 6, 1 x 8 e 2 x 7. Total = 6
No 4º. Encontro:  5 x 4, 5 x 4 e 0 x 9.  Total = 10.
Somar todos os totais: 14 + 14 + 6 + 10 = 44 que dividido por 4 (número de encontros), a média será 11.

06 – DA PROMOÇÃO E REBAIXAMENTO
a) A média será calculada somando 4 melhores resultados.
b) Para promoção a média é igual ou acima de 17.
d) Para manter-se na categoria a média deverá ser no mínimo 12.
e) Para rebaixamento a média se for inferior a 12.

07 – CRITÉRIO DE DESEMPATE
1º – confronto
2º – se chapéu empata com não chapéu = vence não chapéu
3º – melhor campanha no resultado
4º – sorteio, para recebimento da medalha.

08 – DO COMPARECIMENTO
a) O horário para comparecimento nas datas e locais estabelecidos pela Liga ABC de Tênis é: 8 h.
b) Tolerância de atraso até 8:30 h, mas deve avisar até esse horário.
c) Marcar presença para participar do sorteio que será efetuado no dia.

09 – DAS PARTICIPAÇÕES
As jogadoras que não comparecerem aos Encontros por motivos justificáveis não serão rebaixadas por não atingirem a média proposta.

10 – CAMPEONATO DE MASTERS
Participarão do Campeonato todas as tenistas que foram finalistas (campeã ou vice-campeã) em um dos Encontros.

LIGA ABC DE TÊNIS
Departamento de Damas

1 – DO CAMPEONATO

O 17º Circuito ABC de Tênis será regido pelo presente regulamento aprovado pela Diretoria da Associação Liga ABC de Tênis e obedecendo as regras oficiais adotadas pela entidade.

2 – TABELA DE PROVAS

a) PROVAS DE SIMPLES

1C1 – 1ª Classe até 34 anos
2C1 – 2ª Classe até 34 anos
3C1 – 3ª Classe até 34 anos
4C1 – 4ª Classe até 34 anos
5C1 – 5ª Classe até 34 anos
1C2A – 1ª Classe A acima de 35 anos
1C2B – 1ª Classe B acima de 35 anos
2C2 – 2ª Classe acima de 35 anos
3C2 – 3ª Classe acima de 35 anos
4C2 – 4ª Classe acima de 35 anos
5C2 – 5ª Classe acima de 35 anos
P – Principiante
FA – Feminino A
FB – Feminino B

b) PROVA DE DUPLAS

Cat. A (1C2A, 1C1)
Cat. B (1C2B, 2C1)
Cat. C (2C2, 3C1)
Cat. D (3C2, 4C1)
Cat. E (4C2, 5C1)
Cat. G (5C2, P)
Cat. F (FA, FB)

Para cálculo da idade, considerar apenas o ano de nascimento do(a) tenista.

Somente serão realizadas as provas que tiverem no mínimo 03 (três) tenistas inscritos para prova de simples e 03 (três) duplas para prova de duplas.

Os tenistas das categorias acima de 35 anos poderão jogar na categoria de menor idade nas categorias até 34 anos nas provas de simples

Os tenistas das categorias até 34 anos não poderão jogar na categoria acima de 35 anos nas provas de simples.

Poderão participar em qualquer categoria, prova de simples ou duplas, tenistas do sexo feminino junto com tenistas do sexo masculino.

3 – DA PONTUAÇÃO:

Para os Torneios de Simples e Torneios de Duplas:

Campeão: 120 pontos
Vice-campeão: 100 pontos
Semifinal: 80 pontos
4as.: 60 pontos
8as.: 40 pontos
16as.: 20 pontos
32as.: 10 pontos

A – PROVA DE SIMPLES

a) Para o Ranking Geral serão computados no total 07 melhores resultados (ranking de virada + dois melhores resultados das etapas de duplas + melhores resultados das etapas de simples).

b) Os tenistas da 8ª a 1ª colocação do ranking geral estarão classificados para o Campeonato de MASTERS, desde que tenha participado de pelo menos uma etapa de simples, se o tenista só participou de etapas de duplas não poderá participar do Masters para prova de simples.

c) Para classificação do Melhor Tenista do Ano (1º colocado do Ranking Geral) são computados todos os pontos obtidos do Item 3 – alínea “a”) mais os pontos do Campeonato de MASTERS.

d) Os tenistas que participaram do 16º Circuito ABC de Tênis – 2021 receberão pontos (ranking de virada) que serão transportados para o Ranking de 2022. O primeiro do ranking receberá 100 pontos, o segundo: 99 pontos, o terceiro: 98, o quarto: 97 e assim sucessivamente.

Os tenistas que não quitarem a taxa de anuidade 2022 até 20 de março perderão os pontos do ranking de virada.

Na mudança de classe, 50% dos pontos obtidos serão transferidos para a nova categoria a que foi promovido.

Em caso de rebaixamento durante o Circuito, o tenista perderá todos os pontos obtidos.

Só terá direito aos pontos do torneio, o tenista que comparecer ao primeiro jogo da chave, não recebendo nenhuma pontuação o tenista que perder a primeira partida por W.O.

Os pontos serão válidos para a categoria que o tenista participar nas provas de simples. Exemplo: tenista 3C2 participa da chave 3C1, os pontos obtidos ficarão no ranking da 3C1.

Os pontos obtidos nas provas de duplas serão validos nas categorias que pertencem no ranking geral.

B – PROVA DE DUPLAS

Para o Ranking de Duplas serão computados no total 5 melhores resultados (ranking de virada + melhores resultados).

Para a classificação do Masters serão consideradas no total 6 duplas melhores colocadas no ranking de duplas.

Os tenistas que participaram do 16º Circuito ABC de Tênis – 2021 receberão pontos (ranking de virada) que serão transportados para o Ranking de Duplas de 2022. O primeiro do ranking receberá 100 pontos, o segundo: 99 pontos, o terceiro: 98, o quarto: 97 e assim sucessivamente.

d) Os tenistas que não quitarem a taxa de anuidade 2022 até 20 de março perderão os pontos do ranking de virada.

e) Na mudança de classe, 50% dos pontos obtidos serão transferidos para a nova categoria a que foi promovido.

f) Em caso de rebaixamento durante o Circuito, o tenista perderá todos os pontos obtidos.

g) Só terá direito aos pontos do torneio, o tenista que comparecer ao primeiro jogo da chave, não recebendo nenhuma pontuação o tenista que perder a primeira partida por W.O.

h) Para participar de uma categoria de duplas, um dos tenistas da dupla deverá pertencer àquela categoria que irá jogar.

04 – DA INSCRIÇÃO:

A inscrição somente será aceita se preencher o que segue:

a) Ser atleta filiado a LIGA ABC DE TÊNIS

b) Pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 120,00 (cento e vinte reais) para etapas de simples e R$ 75,00 (setenta e cinco reais) por atleta para etapas de duplas.

c) Efetivar sua inscrição realizando o pagamento até o domingo que antecede ao início da etapa.

d) Enviar o comprovante para WhatsApp 11 975428230.

e) Dados bancários:

Associação Liga ABC de Tênis

CNPJ 07.761.565/0001-30

Banco Itaú
Agência 6472
Conta Corrente 19713-3
Chave PIX (telefone) 11 975428230

ou

Banco Bradesco
Agência 7732
Conta Corrente 0260686-0

f) A inscrição deverá ser efetuada na LIGA ABC DE TÊNIS até o último dia previsto para inscrição, constante do Calendário de Torneios 2022 divulgado no site www.ligaabcdetenis.com.br – link Agenda

g) A inscrição poderá ser efetuada por telefone 975428230 ou pelo site www.ligaabcdetenis.com.br – link Inscrição.

h) Após o encerramento das inscrições, a Liga ABC de Tênis divulgará no site www.ligaabcdetenis.com.br – link Chaves, a relação de inscritos por categoria para conferência, sendo que a inclusão ou exclusão do nome será efetuada até o domingo que antecede o início do torneio.

i) Após a divulgação da chave, o tenista que, por qualquer motivo, não comparecer ao jogo (WO) não terá direito a devolução da taxa, independente do motivo.
 
j) Reserva-se a Liga ABC de Tênis o direito de não aceitar a inscrição de qualquer tenista que anteriormente tenha criado situações embaraçosas ou antidesportivas.

05 – DAS TAXAS:

A taxa de filiação de 2022 é de R$ 170,00 (cento e setenta reais), independente da época que o tenista efetuar a sua filiação.

A taxa de inscrição é de R$ 120,00 (cento e vinte reais) para etapas de simples e R$ 75,00 (setenta e cinco reais) por atleta para etapa de duplas.

A taxa de pegador de bolas, quando houver, é de R$ 5,00 (cinco reais), por atleta para jogo de simples e R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos), por tenista para jogo de duplas.

06 – DA DEVOLUÇÃO DA TAXA DE INSCRIÇÃO:

Cancelamento parcial ou total da prova por motivos de força maior, a devolução deverá ser do valor integral pago pelo tenista; no caso de cancelamento de prova já em andamento, a devolução devida será de 50% do valor pago a título de inscrição. Só será devida a devolução aos tenistas que ainda estejam participando das chaves, não tendo direito os jogadores que tenham sido eliminados.

07 – DO CANCELAMENTO DE PROVAS E INSCRIÇÕES:

a) Nos casos de cancelamento parcial de provas os tenistas com jogos efetivamente terminados, receberão pontuação de acordo com a posição alcançada na chave cancelada.

b) O cancelamento de inscrições só será aceito até as 18:00 horas do prazo limite para inscrições da prova. Deverá ser solicitado diretamente a Liga ABC de Tênis.

08 – DAS CHAMADAS E COMPARECIMENTO:

a) Na quinta feira que antecede o início da etapa, os horários dos jogos serão divulgados no site www.ligaabcdetenis.com.br – link Chaves.

b) Os jogos ocorrerão aos sábados, domingos e feriados a partir das 7h00m, sendo que a última chamada não poderá ultrapassar as 20h30;

c) Os jogos em dias de semana ocorrerão no período noturno a partir das 18h30m;

d) Cabe ao tenista procurar saber o horário do seu jogo, por telefone ou pelo site – www.ligaabcdetenis.com.br – Link Chaves.

e) Haverá tolerância de atraso de 15 (quinze) minutos, contados a partir do horário oficial marcado para o jogo.

f) Será declarado perdedor o tenista que não se apresentar no horário marcado. Não havendo o comparecimento dos dois tenistas, ambos serão declarados perdedores por W.O.

g) Não é obrigatória a existência de alto-falantes nos torneios para realização de chamadas ou avisos.

h) Os tenistas que tenham confirmado a presença e estejam aguardando a hora de entrada na quadra deverão estar atentos e próximos do local destinado para esse fim. Nenhum jogador poderá alegar que não compareceu à quadra por não ter ouvido a chamada.

i) O tenista a partir do momento da confirmação da sua presença estará à disposição dos organizadores e de seu adversário para chamada. Após esta chamada os tenistas têm o tempo máximo de 5 (cinco) minutos para dar início ao aquecimento, sendo que, em caso de atraso de algum jogador, o árbitro poderá, se julgar necessário, iniciar a aplicação dos códigos de conduta e tempo.

j) Nos casos de remarcação de jogos por problemas de mau-tempo, é obrigação dos tenistas inscritos informarem-se sobre os novos horários que serão divulgados no site www.ligaabcdetenis.com.br – link chaves.

9 – DAS PENALIDADES POR NÃO COMPARECIMENTO (WO):

a) O não comparecimento do tenista (WO) não será considerado como jogo realizado (jogo válido), não contando pontos de derrota e vitória.

b) 2 (dois) WO, o tenista perderá todos pontos no ranking geral.


c) O atestado de saúde por contusão ou doença não justifica o motivo do não comparecimento ao jogo.

10 – DOS JOGOS:

a) Os jogos serão realizados nos dias, horários e tipos de piso divulgados no Calendário de Torneios e Provas.

b) Toda partida suspensa ou adiada por motivo de força maior (chuva, falta de energia elétrica, etc.) terá seu prosseguimento respeitando-se a contagem e posição em que foi interrompida.

c) O bate bola de aquecimento não poderá ultrapassar o tempo de 05 (cinco) minutos.

d) A troca de lado não poderá ultrapassar o tempo de 1 minuto, exceto ao término de cada set quando o tempo será de 1 minuto e 30 segundos.

e) Não é permitido sair da quadra após o início da partida, se caso houver necessidade poderá ser após o término do set utilizando o tempo de 1 minuto e 30 segundos.

f) Não é permitido receber instruções na quadra ou de fora dela, em nenhum momento durante a realização dos jogos.

g) Os jogos deverão obrigatoriamente ser realizados na sede do torneio. Para realização de qualquer jogo fora do local do torneio haverá necessidade da aprovação dos organizadores do torneio e as bolinhas e água serão por conta dos jogadores envolvidos.

h) A transferência do jogo para outra data poderá ocorrer com autorização dos organizadores e com a concordância dos jogadores envolvidos e não poderá ultrapassar uma semana da data marcada inicialmente.

i) As bolas utilizadas no torneio deverão ser obrigatoriamente nos modelos aprovados pela ITF autorizadas pela LIGA ABC DE TÊNIS.

11 – DO NÚMERO DE SETS E GAMES:

11.1 – Torneio de Simples:

a) Todas as provas serão disputadas em eliminatória simples.

b) Todos os jogos serão realizados em melhor de três sets, sendo que se houver empate em 1 a 1, o terceiro set será substituído pela disputa de um SUPER TIE BREAK, forma de disputa em melhor de 18 pontos, vencendo a partida o tenista que primeiro chegar a dez pontos, desde que haja 2 de diferença, ou seja, se houver empate no Super Tie Break, em 9 a 9, haverá a necessidade de continuar a partida até que haja a diferença de 2 pontos. No primeiro e segundo SETS, se houver empate em 6 a 6 em games será disputado um Tié Break Normal (até 7 pontos).

c) O tenista poderá realizar por dia no máximo dois jogos.

11.2 – Torneio de Duplas:

a) Todas as provas serão disputadas em eliminatória simples.

b) Todos os jogos serão realizados em melhor de três sets, sendo que se houver empate em 1 a 1, o terceiro set será substituído pela disputa de um SUPER TIE BREAK, forma de disputa em melhor de 18 pontos, vencendo a partida o tenista que primeiro chegar a dez pontos, desde que haja 2 de diferença, ou seja, se houver empate no Super Tie Break, em 9 a 9, haverá a necessidade de continuar a partida até que haja a diferença de 2 pontos. Nos primeiro e segundo SETS, se houver empate em 6 a 6 em games será disputado um Tié Break Normal (até 7 pontos).

c) Na contagem dos games quando estiver em iguais 40, o sistema a ser adotado é com No Advantage (No Ad), ficando a decisão do recebedor o lado que deverá ser o saque.

d) As duplas poderão realizar por dia até três jogos.

12 – DO INTERVALO MÍNIMO ENTRE CHAMADAS E TEMPO DE DESCANSO ENTRE OS JOGOS:

a) Para jogos de simples as chamadas entre os jogos será de no mínimo 02 h e 30 minutos e para os jogos de duplas será de no mínimo 01 h e 30 minutos.

b) Em dias de semana, no período noturno, onde as chamadas são feitas a partir das 18h30m, os organizadores só poderão chamar um jogo para cada tenista.

c) Intervalo mínimo de descanso para jogos de simples:

– Partida que tiver duração maior que uma hora e meia, o descanso para realização de outro jogo será d 45 minutos.

– Partida que tiver duração menor que uma hora e meia, o descanso para realização de outro jogo será de 30 minutos.

Intervalo mínimo de descanso para jogos de duplas: sem intervalo. 

13 – DA ARBITRAGEM:

a) A arbitragem ficará a cargo de pessoa responsável pela realização do torneio com amplos conhecimentos das regras de tênis.

b) A pessoa responsável pela arbitragem durante o torneio, têm entre suas atribuições o direito de intervir, estando ou não dentro da quadra, em qualquer partida que achar necessário para correção de chamadas de bolas ou para aplicações do código de conduta.

c) Nenhum jogador tem o direito de paralisar uma partida exigindo a permanência de arbitro para acompanhamento exclusivo da mesma. Cabe a pessoa responsável pelo torneio analisar se é necessário e possível o atendimento do pedido. Caso haja recusa de continuidade da partida, esse jogador estará sujeito às penalidades previstas nos códigos de conduta e tempo.

d) Os jogos serão acompanhados por planilha, onde deverá constar o resultado do jogo.

e) No caso de violações de código de conduta, o árbitro deverá informar à LIGA ABC DE TÊNIS através de formulário próprio, a penalidade aplicada.

Os participantes do torneio deverão comparecer e jogar com roupas e calçados adequados à prática de tênis.

g) Em casos de W.O., tão logo esteja esgotado o prazo de tolerância de 15 minutos, é de obrigação da arbitragem informar ao tenista presente da sua vitória por ausência do adversário.

14 – DA OBRIGATORIEDADE DE PLACAR, BOLAS e PAU-DE-SIMPLES:

Os organizadores dos Clubes/Academias deverão obrigatoriamente:

a) Colocar placar em todos os jogos. 

b) Não é necessário o fornecimento de água nas quadras.
 
c) Colocar PAU-DE-SIMPLES (tamanho padrão de 107 cm de altura e diâmetro ou largura máxima de 7,5 cm) em todas as quadras onde houver jogos nas provas de simples.

d) Não é obrigatório uso de bolas novas em cada partida.

15 – DO CÓDIGO DE CONDUTA:

a) O código de conduta foi criado para disciplinar o jogo de tênis e poderá ser aplicado pela pessoa responsável pelo torneio a qualquer tempo (independentemente de estarem dentro da quadra ou fora dela). Em hipótese alguma deverá ser aplicado por solicitação de jogadores adversários ou por terceiros.

b) Para aplicação do código de conduta, a pessoa responsável pelo torneio, deverá adentrar na quadra, chamar os dois jogadores ao centro e em voz clara e audível informar ao tenista infrator a penalidade aplicada, sob o testemunho do adversário;

c) A arbitragem, dependendo da gravidade da ofensa ao código de conduta poderá a seu inteiro juízo, recomendar informalmente aos jogadores, moderação das atitudes no jogo, sob pena de aplicação do Código de Conduta.

d) O código está dividido nas seguintes seções:

d.1) Obscenidade Audível: todas as palavras obscenas ou palavrões ditos pelos jogadores em qualquer idioma.

d.2) Obscenidade Visível: todos os gestos ou atitudes obscenas visíveis.

d.3) Abuso de Bolas: todas as bolas golpeadas propositalmente para dentro ou fora da quadra, mesmo com o jogo terminado, enquanto o jogador estiver na quadra de jogo.

d.4) Abuso de Raquete ou Equipamento: qualquer atitude destrutiva ou com raiva utilizando raquetes ou equipamentos da quadra.

d.5) Abuso Verbal: toda forma de expressão verbal, que de alguma maneira desrespeite o oponente, arbitragem, pegadores de bola ou público em geral.

d.6) Abuso Físico: considera-se abuso físico tocar seu oponente, arbitragem ou público sem autorização.

d.7) Instrução: qualquer tipo de comunicação audível ou visível entre um jogador, técnicos, pais ou acompanhantes é considerado como instrução.

d.8) Conduta antidesportiva: toda e qualquer atitude antidesportiva que não esteja prevista nos itens acima.

d.9) Interferência Externa: toda e qualquer interferência externa provocada por técnicos, pais ou acompanhantes, que possa ter influência no andamento normal da partida (tais como: gestos, avisos, comunicação verbal com o tenista ou adversário, discussão entre pais ou acompanhantes que possa ser ouvida pelos jogadores em quadra, etc.).

d.10) Retardamento de Jogo: qualquer ato de um jogador visando retardar a partida.
PENALIDADES POR INFRAÇÃO DO CÓDIGO DE CONDUTA:
1ª OFENSA: ADVERTÊNCIA
2ª OFENSA: PERDA DE PONTO
3ª OFENSA: PERDA DE GAME

A partir da 4ª ofensa, ficará a critério do Árbitro se continua penalizando com perda de games ou com desclassificação do tenista faltoso. Dependendo da gravidade do ato cometido pelo tenista, o mesmo poderá ser desclassificado sem passar pelo processo normal acima descrito.

16 – DAS PENALIDADES ADMINISTRATIVAS POR INFRAÇÃO AO CÓDIGO DE CONDUTA:

a) ADVERTÊNCIA: Perda de 15% do total de pontos obtidos na prova.

b) PERDA DE PONTO: Perda de 30% do total de pontos.

c) PERDA DE GAME: Perda de 45% do total de pontos.

d) DESCLASSIFICAÇÃO: Perda de 60% do total de pontos.

e) Em caso de perda de mais de um game por infração ao código de conduta, o jogador será punido com mais 15% por game.

f) No caso de ofensa ao Código de Conduta, quando o jogo já houver terminado e os jogadores ainda estiverem na quadra ou no recinto de realização do torneio, a aplicação da penalidade administrativa de perda de pontos no ranking, se dará pela sequência e ordem das penalidades já aplicadas, ou seja, se o tenista deveria perder 15% dos pontos por ter sido advertido durante o jogo, passará a perder 30% por ter cometido a 2ª violação do Código e assim sucessivamente.

17 – DAS CONTUSÕES ACIDENTAIS:

Não tendo a possibilidade de atendimento médico, fica a critério da pessoa responsável pelo torneio a possibilidade de prestar o atendimento ou indicar qualquer pessoa que tenha condições de fazê-lo. Durante o atendimento, que não poderá exceder o tempo regulamentar de 3 minutos, contados a partir do seu início, o Árbitro deverá estar presente durante este período.

18 – DA VALIDADE DOS JOGOS TERMINADOS:

Todo jogo efetivamente terminado independentemente de ter sido realizado de acordo com os itens descritos neste regulamento será considerado válido. É de responsabilidade dos tenistas o conhecimento das regras e nenhum jogador poderá alegar seu desconhecimento para solicitar cancelamento de qualquer partida efetivamente realizada.

20 – DOS CASOS OMISSOS:

Os casos omissos serão resolvidos pela pessoa responsável pelo torneio ou pelo Departamento Técnico da LIGA ABC DE TÊNIS quando a arbitragem não tiver condições de chegar à conclusão para solução das dúvidas verificadas.

21 – DO CONHECIMENTO DAS REGRAS E REGULAMENTO:

Todo tenista ao fazer sua inscrição, declara estar gozando de perfeita saúde para a prática de esporte.

Todo tenista ao fazer sua inscrição, declara ter total conhecimento das regras do esporte e automaticamente aceita e se submete a este regulamento e às normas da LIGA ABC DE TÊNIS.

Todo tenista ao fazer sua inscrição, autoriza a liberação de suas imagens no site www.ligaabcdetenis.com.br e na mídia social, tais como Facebook, Instagram e Twitter.

Em,  13 de outubro de 2021. 

LIGA ABC DE TÊNIS

 

Todos os tenistas filiados a LIGA ABC DE TÊNIS, a partir do momento que começam a disputar campeonatos passam a possuir uma Ficha Técnica onde são computados nome dos adversários e suas categorias, ranking, quantos jogos efetuou em determinado torneio e demais dados que se referem à vida do atleta como tenista.

1) REQUISITO PARA ALTERAÇÃO DE CLASSE:
– A qualquer tempo, a Diretoria da Liga ABC se julgar necessário poderá promover ou rebaixar o tenista que estiver causando desequilíbrio à categoria que está participando. Para avaliação serão considerados: posições na chave (finalistas) ou resultados dos placares.
– O atleta que for promovido levará para a nova categoria 50% dos pontos obtidos e 50% do ranking de virada.
– O atleta que for rebaixado perderá todos os pontos obtidos.
– Campeão, vice campeão e semifinalistas do Campeonato de Masters na prova individual serão promovidos automaticamente.

2) JOGO VÁLIDO:
Quando o tenista não comparecer na primeira rodada (WO) é considerado como jogo não válido.

LIGA ABC DE TÊNIS

Resultados

Melhor Tenista do Ano 2021 – prova de simples

1C2A – 1ª classe A acima de 35 anos
MACLEON DE VASCONCELOS DE SOUZA

1C2B – 1ª classe B acima de 35 anos
ROGER WENDEL FRANCO SGALLA

2C2 – 2ª classe acima de 35 anos
LUIS ELIEUDO GOMES VALE

3C2 – 3ª classe acima de 35 anos
GENTIL DIAS DE OLIVEIRA JR

4C2 – 4ª classe acima de 35 anos
ELI ROGERIO DE SOUZA

5C2 – 5ª classe acima de 35 anos
DANIEL VICENTE ESQUAIELLA

P – Principiante
OSMAR ITOKAZU

3C1 – 3ª classe até 34 anos
JUAN CROCE

Melhor Tenista do Ano 2021 – prova de duplas

1C2B – 1ª classe B acima de 35 anos
ROGER WENDEL FRANCO SGALLA

2C2 – 2ª classe acima de 35 anos
SIDNEI CESAR SIMENTÃO RODRIGUES

Masters 2021 – prova de simples

1C2A – 1ª classe A acima de 35 anos
Campeão: MACLEON DE VASCONCELOS DE SOUZA
Vice Campeão:  GIULIANO DAROS MELGAÇO
Resultado: 7×6  6×2

1C2B – 1ª classe B acima de 35 anos
Campeão:  ROGER WENDEL FRANCO SGALLA
Vice Campeão: DAVID COHEN
Resultado: 6×2  6×1

2C2 – 2ª classe acima de 35 anos
Campeão: LUIS ELIEUDO GOMES VALE
Vice Campeão: SIDNEI CESAR SIMENTÃO RODRIGUES
Resultado: 5×7  6×4  13×11

3C2 – 3ª classe acima de 35 anos
Campeão: GENTIL DIAS DE OLIVEIRA JR
Vice Campeão: LEANDRO PATRICIO DE LIMA
Resultado: 6×2  7×5

4C2 – 4ª classe acima de 35 anos
Campeão: GILBERTO SANTOS DA SILVA
Vice Campeão: JEFERSON DOS SANTOS FERNANDES
Resultado: 3×6  6×0  10×5

5C2 – 5ª classe acima de 35 anos
Campeão: MARCIO FORNAZIERI
Vice Campeão: DANIEL VICENTE ESQUAIELLA
Resultado: 2×6  6×3  14×12

P – Principiante
Campeão: OSMAR ITOKAZU
Vice Campeão:  RODRIGO BEDIN DE PAULA
Resultado: 7×6  6×1

3C1 – 3ª classe até 34 anos
Campeão: JUAN CROCE
Vice Campeão: MURILO MEDEIROS FERNANDES
Resultado: 1×6  6×4  10×6

Masters 2021 – prova de Duplas

1C2B – 1ª classe B acima de 35 anos
Dupla Campeã:  HAMILTON OGATA e ROGER WENDEL FRANCO SGALLA
Dupla Vice Campeã: FERNANDO RUSCHEL e RAUL EULÁLIO DE FARIA
Resultado: 6×3  6×4

2C2 – 2ª classe acima de 35 anos
Dupla Campeã: EDSON YAMANISHI e RICARDO YAMANISHI
Dupla Vice Campeã: SIDNEI CESAR SIMENTÃO RODRIGUES e PETER GIGANTE
Resultado: 1×1 desist.

Masters 2021 – Encontro de Damas

Categoria A
Campeã = KAZUE SUGUIMOTO – 17 pontos
Vice Campeã = LISANDRA LIMA – 15 pontos

Categoria B
Campeã = ESTELA FERREIRA DOS SANTOS – 21 pontos
Vice Campeã = KATIA LUCIA DA SILVA GONÇALVES CUNHA – 18 pontos

Categoria C 
Campeã =  ANA PAULA MASSARELLI IANELLO – 19 pontos
Vice Campeã = MERCEDES CAVALHEIRI – 15 pontos